Muito obrigado e até breve!

Terminou a Exposição colectiva Huntington no GNRation.

Felizmente a onda de solidariedade pode e deve continuar. A Associação Portuguesa de Doentes de Huntington (APDH) conta com a vossa ajuda para prosseguir a sua missão de apoio às famílias afectadas pela Doença de Huntington.

Através da loja online na eSolidar, podem ser adquiridas as peças ainda disponíveis, que estiveram em exposição no GNRation de 10 a 24 de Outubro. O valor de cada compra é convertido em donativo à APDH, pelo qual será emitido o respectivo comprovativo.

Esta é uma excelente forma de fazer um donativo – recebendo em troca a peça de arte que escolher para si ou para oferecer.

Para aceder, cliquem na imagem seguinte:

Air Display 26-10-2015 154316

Para concluir temos que agradecer a tanta gente!

Aos artistas que se associaram, contribuindo com a criatividade e o produto do seu trabalho. Obrigada pelo interesse em participar e pelo papel de cada um na divulgação da existência da doença de Huntington.

Ao staff do GNRation que desde o início se mostrou disponível, tanto para receber esta iniciativa, como para a viabilizar. Incluindo a ajuda preciosa de cada elemento no dia da inauguração da exposição.

Às Juno pela actuação musical que deixou todos emocionados no dia 10 de Outubro.

Ao fotógrafo Pedro Costa pela cobertura fotográfica no dia da inauguração.

Obrigado à Câmara Municipal de Braga que, através do pelouro da Saúde e Bem-estar, nos imprimiu material de divulgação.

À Gráfica Minho pela impressão de divulgação adicional.

Ao posto de Turismo de Braga pela inserção do evento Huntington no GNRation na rede de Lojas Interativas do Porto e Norte.

Aos voluntários pontuais que ajudaram na montagem e desmontagem da exposição.

À Moldette pelas t-shirts solidárias, que puderam estar pela primeira vez disponíveis num evento de angariação de fundos da APDH (também disponíveis online, aqui)

À CriaTuga, que facilitou a produção dos Pin’s à venda no dia da inauguração.

A todos os que estiveram no GNRation na tarde do dia 10 de Outubro e passaram a palavra. Aos que só não estiveram por impossibilidade geográfica mas fizeram questão de divulgar.

Aos que adquiriram peças durante o período de exposição, fazendo com que estas já tenham cumprido o propósito dos artistas ao doa-las à APDH.

Aos familiares, amigos e simpatizantes desta causa – Obrigada pelo incentivo, pela ajuda, pelos conselhos e pela presença.

Pedro costa32
Helena Soares – Presidente da Associação Portuguesa de Doentes de Huntington (fotografia de Pedro Costa)

MUITO OBRIGADO a todos!

Anúncios

Inauguração Huntington no GNRation – Fotografia por Pedro Costa

Pedro Costa trabalha em fotografia desde 2008, área pela qual sente uma inexplicável atracção. Para ele a fotografia é “o Deus que faz o tempo parar”.

Desde essa altura que viaja, pacificamente, por uma misteriosa originalidade na sua maneira de observar e sentir tudo que existe, para além do olhar.

Já viu trabalhos seus serem distinguidos pela Vortex Magazine e no ViewBug, recebeu Menções honrosas por trabalhos fotográficos da Semana Santa de Braga e conta com três exposições (Braga – Torre de Menagem, Casa dos Crivos e Parque de Exposições).

Fez as coberturas fotográficas do PPM Braga (5 de Outubro 2015), das bicicletas da loja Go By Bike (2014), do Jantar dos Reis em Braga (12 de Janeiro 2012) e aceitou fazer a do Huntington no GNRation, na tarde do dia 10 de Outubro.

As fotografias que se seguem são da sua autoria.

OBRIGADO Pedro Costa

Fotografia de Pedro Costa

Pedro costa16 Pedro costa15 Pedro costa14 Pedro costa13 Pedro costa12 Pedro costa11 Pedro costa10 Pedro costa9 Pedro costa8 Pedro costa7 Pedro costa6 Pedro costa5 Pedro costa4 Pedro costa3 Pedro costa2 Pedro costa Pedro Costa 24 Pedro costa 23 8-001

Fotografia de Pedro COsta

Pedro costa41 Pedro costa40 Pedro costa39 Pedro costa38 Pedro costa37 Pedro costa36 Pedro costa35 Pedro costa34 Pedro costa33 Pedro costa32 Pedro costa31 Pedro costa30 Pedro costa29 Pedro costa28 Pedro costa27 Pedro costa26 Pedro costa25 Pedro costa24 Pedro costa23 Pedro costa22 Pedro Costa21 Pedro costa20 Pedro costa19 Pedro costa18 53-b

Trabalhos fotográficos em Exposição

As imagens que se seguem são dos trabalhos fotográficos  em  Exposição na Galeria CMB, GNRation, até dia 25  de Outubro.

Resultam da doação de vários artistas à Associação Portuguesa de Doentes de Huntington (APDH) e o valor da sua venda reverte, na totalidade, a favor da mesma.

Cada fotografia é impressa em folha de tamanho 45x32cm, sendo possível a aquisição de vários exemplares de cada fotografia, pelo valor de 20€ cada.

Se desejar ajudar a APDH, adquirindo um ou vários destes trabalhos, envie email para:  huntington.coimbra@hotmail.com
Um voluntário da APDH entrará em contacto consigo. Com a sua encomenda, receberá o comprovativo de donativo, que poderá inserir na declaração de IRS.

Em alternativa poderá fazê-lo através da loja online da APDH, na eSolidar, bastando clicar em: esolidar.com/npo/store/725-associacao-portuguesa-de-doentes-de-huntington

GNR Acurcio Moniz_40x30
Acúrcio Moniz

https://esolidar.com/product/detail/6213-fotografia-acurcio-moniz

GNR Adelino Marques_40x30
Adelino Marques

https://esolidar.com/product/detail/6430-fotografia-adelino-marques

GNR alda reis_40x30
Alda Reis

https://esolidar.com/product/detail/6431-fotografia-alda-reis

GNR ana_teixeira_40x30
Ana Teixeira

https://esolidar.com/product/detail/6432-fotografia-ana-teixeira

GNR Antonieta Monteiro_40x30
Antonieta Monteiro

https://esolidar.com/product/detail/6433-fotografia-antonieta-monteiro

GNR Antonio Gonçalves_40x30
António Gonçalves

https://esolidar.com/product/detail/6434-fotografia-antonio-goncalves

GNR Barbara Moreira_40x30
Barbara Moreira

https://esolidar.com/product/detail/6435-fotografia-barbara-moreira

GNR carlos castro_40x30
Carlos Castro

https://esolidar.com/product/detail/6436-fotografia-carlos-castro

GNR Carlos Coelho_40x30
Carlos Coelho

https://esolidar.com/product/detail/6437-fotografia-carlos-coelho

GNR carlos julio_40x30
Carlos Júlio

https://esolidar.com/product/detail/6438-fotografia-carlos-julio

GNR carlos Verissimo_40x30
Carlos Veríssimo

https://esolidar.com/product/detail/6439-fotografia-carlos-verissimo

GNR Celso Rocha_40x30
Celso Rocha

https://esolidar.com/product/detail/6440-fotografia-celso-rocha

GNR Claudia Fernandes_40x30
Claúdia Fernandes

https://esolidar.com/product/detail/6441-fotografia-claudia-fernandes

GNR drgica_40x30_nova 3
Dr. Gica

https://esolidar.com/product/detail/6442-fotografia-dr-gica

GNR Edgar Coelho_40x30
Edgar Coelho

https://esolidar.com/product/detail/6443-fotografia-edgar-coelho

GNR eduardo_basto_40x30
Eduardo Basto

https://esolidar.com/product/detail/6444-fotografia-eduardo-basto

GNR Eduardo_Nascimento
Eduardo Nascimento

https://esolidar.com/product/detail/6445-fotografia-eduardo-nascimento

GNR EstevaoLafuente_40x30
Estevão Lafuente

https://esolidar.com/product/detail/6446-fotografia-estevao-lafuente

GNR fatima feliciano_30x40
Fátima Feliciano

https://esolidar.com/product/detail/6447-fotografia-fatima-feliciano

GNR fernando faria_40x30
Fernando Faria

https://esolidar.com/product/detail/6448-fotografia-fernando-faria

GNR FilipeCarneiro_40x30
Filipe Carneiro

https://esolidar.com/product/detail/6449-fotografia-filipe-carneiro

GNR francisco feio_40x30
Francisco Feio

https://esolidar.com/product/detail/6450-fotografia-francisco-feio

GNR Gabriela Goncalves_40x30
Gabriela Gonçalves

https://esolidar.com/product/detail/6451-fotografia-gabriela-goncalves

GNR Helder Antonio_40x30
Hélder António

https://esolidar.com/product/detail/6452-fotografia-helder-antonio

GNR hugo besteiro_40x30
Hugo Besteiro

https://esolidar.com/product/detail/6453-fotografia-hugo-besteiro

GNR jorge martinho_30x40
Jorge Martinho

https://esolidar.com/product/detail/6454-fotografia-jorge-martinho

GNR jorge sequeiros_30x40
Jorge Sequeiros

https://esolidar.com/product/detail/6455-fotografia-jorge-sequeiros

GNR Jose Esteves_40x30
Jorge Manuel Esteves

https://esolidar.com/product/detail/6456-fotografia-jose-manuel-esteves

GNR jose paulo andrade_30x40
José Paulo Andrade

https://esolidar.com/product/detail/6457-fotografia-jose-paulo-andrade

GNR jose pedroreis_40x30
José Pedro Reis

https://esolidar.com/product/detail/6458-fotografia-jose-pedro-reis

GNR jose_tavora_40x30
José Távora

https://esolidar.com/product/detail/6459-fotografia-jose-tavora

GNR jose_vaz_silva_40x30
José Vaz Silva

https://esolidar.com/product/detail/6460-fotografia-jose-vaz-silva

GNR Kiki40x30
Kiki Pimentel

https://esolidar.com/product/detail/6461-fotografia-kiki-pimentel

GNR luis januario_40x30_texto
Luís Januário

https://esolidar.com/product/detail/6462-fotografia-luis-januario

GNR Luisa Rodrigues_40x30
Luísa Rodrigues

https://esolidar.com/product/detail/6463-fotografia-luisa-rodrigues

GNR manuela matos_monteiro_40x30
Manuela Matos Monteiro

https://esolidar.com/product/detail/6464-fotografia-manuela-matos-monteiro

GNR Manuela Vaz 40x30
Manuela Vaz

https://esolidar.com/product/detail/6465-fotografia-manuela-vaz

GNR Manuela Vaz_40x30
Manuel Vaz

https://esolidar.com/product/detail/6466-fotografia-manuela-vaz-2

GNR Maria antonia Ferro_40x30
Maria Antónia Ferro

https://esolidar.com/product/detail/6467-fotografia-maria-antonia-ferro

GNR Maria Ribeiro_40x30
Maria Ribeiro

https://esolidar.com/product/detail/6468-fotografia-maria-ribeiro

GNR Mauricio Soares_40x30
Maurício Soares

https://esolidar.com/product/detail/6469-fotografia-mauricio-soares

GNR Patricia Barbosa_40x30
Patrícia Barbosa

https://esolidar.com/product/detail/6470-fotografia-patricia-barbosa

GNR Patricia Miguel_30x27cm
Patrícia Miguel

https://esolidar.com/product/detail/6471-fotografia-patricia-miguel

GNR PauloPimenta_40x30
Paulo Pimenta

https://esolidar.com/product/detail/6472-fotografia-paulo-pimenta

GNR pedro taborda_40x30
Pedro Taborda

https://esolidar.com/product/detail/6473-fotografia-pedro-taborda

GNR renato roque_40x30
Renato Roque

https://esolidar.com/product/detail/6474-fotografia-renato-roque

GNR rita julio_40x30
Rita Júlio

https://esolidar.com/product/detail/6475-fotografia-rita-julio

GNR rita maia_40x30
Rita Maia

https://esolidar.com/product/detail/6476-fotografia-rita-maia

GNR Rita Moniz_40x30
Rita Moniz

https://esolidar.com/product/detail/6477-fotografia-rita-moniz

GNR Rui Apolinario_40x30
Rui Apolinário

https://esolidar.com/product/detail/6478-fotografia-rui-apolinario

GNR Salome Carvalho_40x30
Salomé Carvalho

https://esolidar.com/product/detail/6479-fotografia-salome-carvalho

GNR sandra cruz_40x30
Sandra Cruz

https://esolidar.com/product/detail/6480-fotografia-sandra-cruz

GNR sara sequeiros_40x30
Sara Wellenkamp

https://esolidar.com/product/detail/6481-fotografia-sara-wellenkamp

GNR Susana Goncalves_40x30
Susana Gonçalves

https://esolidar.com/product/detail/6482-fotografia-susana-goncalves

Peças em exposição (Ilustração – Pintura – Escultura – Fotografia Estereoscópica – Artesanato)

As imagens que se seguem são de obras de Ilustração,  Pintura, Escultura,  Fotografia Estereoscópica e  Artesanato,   em  Exposição na Galeria CMB, GNRation, até dia 25  de Outubro.

Resultam da doação de vários artistas à Associação Portuguesa de Doentes de Huntington (APDH) e o valor da sua venda reverte, na totalidade, a favor da mesma.

Se desejar ajudar a APDH, adquirindo qualquer uma das peças em exposição ainda disponíveis, envie email para:  huntington.coimbra@hotmail.com
Um voluntário da APDH entrará em contacto consigo.

Com a sua obra, receberá o comprovativo de donativo, que poderá inserir na declaração de IRS.

Em alternativa poderá fazê-lo através da loja online da APDH, na eSolidar, bastando clicar em: esolidar.com/npo/store/725-associacao-portuguesa-de-doentes-de-huntington

A entrega das obras adquiridas será efectuada depois do dia 25 de Outubro, após o período de exposição

Alexandra Gonçalves_ Bomdia, dia
BOM DIA, DIA –  Disponível;    Ilustração digital – Exemplar único;                   Autor: Alexandra Gonçalves; Dimensões:30×40 cm;  Emoldurada
Ana Coroas
(Sem título) – VENDIDA;  Ilustração original – lápis de cor e aguarela sobre papel bouffant;  Autor: Ana Coroas;  Dimensões:25×30 cm;  Emoldurada
AngelaVieira_Esperânça_29.7x21
ESPERANÇA –  VENDIDA ; Ilustração a tinta-da-china e cor digital. Art print assinada (1/3)sobre papel de aguarela; Autor: Ângela Vieira Dimensões:21×29,7 cm
Constança_ No Cosmos...Mario CesarinY
“No cosmos, olhar o cosmos como os que ainda podem interrogar as ondas e morrer” – Disponível; Art Print assinada de uma aguarela original da autora;    Autor: Constança Araújo Amador;  Dimensões:40×50 cm; Emoldurada
Daniel Silvestre_Dirty shoes
Dirty Shoes don’t Go to Heaven – VENDIDA;   Serigrafia;    Autor: Daniel Silvestre da Silva;   Dimensões:32,5×50 cm
Carla Gaspar_ANJO_3D
ANJO – Preço: 40€  VENDIDA;  Fotografia Estereoscópica em Anáglifo – visualização 3D com óculos de filtro vermelho e cyan;  Autor: Carla Gaspar;  Dimensões:40×30 cm Moldura incluída e entregue com óculos de visualização apropriados
Carlos Teixeira_Fagulha Cósmica
FAGULHA CÓSMICA – VENDIDA;  Acrílico sobre tela;   Autor: Carlos Teixeira;    Dimensões:70×10 cm
Costa Araújo
(Sem título) – Disponível, Acrílico sobre tela;       Autor: Costa Araújo;        Dimensões:65×70 cm
Dino D'Santiago1
(Sem título) – Disponível; Caneta e aguarela sobre papel, montagem sobre K-line; Autor Dino D’Santiago;  Dimensões: 50×40 cm
Dino D'Santiago2
(Sem título) – Disponível; Caneta e aguarela sobre papel, montagem sobre K-line; Autor Dino D’Santiago; Dimensões: 40×50 cm
Ângela Oliveira_ Magic Feathers
Magical FeathersDisponível; Ilustração digital assinada;     Autor: Ângela Oliveira;     Dimensões:21×29,7 cm;     Emoldurada
Eurico Silva_Brites de Almeida
BRITES DE ALMEIDA (Padeira de Aljubarrota) – Disponível;   Acrílico sobre tela;   Autor: Eurico Silva;    Dimensões:100×100 cm
Gonçalo Rodrigues
NERVUM – Disponível;   Ilustração digital assinada;   Dimensões:24×30 cm;   Emoldurada
Helena Zália_ da série Matriz
da série “MATRIZ” – Disponível;  Ilustração original utilizando técnica mista;     Autor: Helena Zália;    Dimensões:33,5×39 cm
Irene Filipe_Psycadelic Icon_70x100
da série “ICON” – Disponível;     Ilustração digital assinada;      Autor: Irene Filipe;        Dimensões:50×70 cm
Iva Viana
CAMÉLIAS – Disponível;   Conjunto de esculturas em gesso (Atelier Iva Viana);       Autor: Iva Viana
Joana Silva
(Sem título) – VENDIDA ;   Acrílico sobre tela ;  Autor: Joana Silva;    Dimensões:50×100 cm
Marco Costa (2)
(Sem título) – Disponível;    Óleo sobre tela;   Autor: Marco Costa;   Dimensões:41×26,5 cm
Marco Costa
(Sem título) – Disponível;   Óleo sobre tela;     Autor: Marco Costa;    Dimensões:32,5×24 cm
Mariza Silva_Dreamer
DREAMER –  Disponível   , Ilustração original utilizando técnica mista;    Autor: Marisa Silva;       Dimensões:31,8×23,9 cm
Mena Venâncio_ Mãe
MÃE – VENDIDA;   Óleo sobre tela;    Autor: Mena Venâncio;       Dimensões:40×60 cm
Pauala Bonet_Announcement_A3
ANNOUNCEMENT – VENDIDA;    Art Print assinada de uma ilustração original da autora;     Autor: Paula Bonet;   Dimensões:42×29,7 cm
Paula Bonet_MyLogSawSomethingThatNight_A3
My Log Saw Something that NightVENDIDA;   Art Print assinada de uma ilustração original da autora;       Autor: Paula Bonet;    Dimensões:42×29,7 cm
Paula Bonet1_A3
(sem título) – VENDIDA;     Art Print de uma ilustração original da autora;      Autor: Paula Bonet;        Dimensões:42×29,7 cm
Paula Bonnet_ Prerrafaelita_A3
OFELIA – VENDIDA;    Art Print assinada de uma ilustração original da autora;    Autor: Paula Bonet;      Dimensões:42×29,7 cm
Raquel Costa_ _Mulher_Mitografada
MULHER MITOGRAFADA – Disponível;  Art print assinada de uma ilustração original da autora. Impressa sobre papel de aguarela 220g;                     Autor: Raquel Costa;       Dimensões:29,7×42 cm
Sandra Sofia Santos_little birds
LITTLE BIRDS  – VENDIDA;    Ilustração utilizando técnica mista;   Autor: Sandra Sofia Santos;   Dimensões:41,5×56,5 cm;  Emoldurada
Sérgio Ribeiro_Dr. John Roder
Dr. John RoderDisponível;      Ilustração utilizando técnica mista;      Autor: Sérgio Ribeiro;     Dimensões:30,4×30,4 cm
33b
Aurora FadistaVENDIDA ;   Boneca em pasta de papel;   Autor: Susana Gouveia;    Altura: 25 cm
Tânia Bailão 1
Por Onde Esvoaça Meu Pensamento – 1 – Disponível;  Colagem e acrílico sobre papel, Colagem sobre placa de MDF;   Autor: Tânia Bailão Lopes;      Dimensões:42×30 cm
Tânia Bailão 2
Por Onde Esvoaça Meu Pensamento – 2VENDIDA;   Colagem e acrílico sobre papel, Colagem sobre placa de MDF;    Autor: Tânia Bailão Lopes;   Dimensões:42×30 cm
Teresa Vilar_Regata Na Ria
Regata na RiaDisponível,  Acrílico sobre tela;     Autor: Teresa Vilar;      Dimensões:40×40 cm
Vitor Zapa 2
(Sem título) – Disponível     Acrílico sobre tela;      Autor: Vitor Zapa;       Dimensões:50×60 cm
Vitor Zpa1
(Sem título) – Disponível       Acrílico sobre tela;          Autor: Vitor Zapa;         Dimensões:60×40 cm
Zita-Freeze time spell
Freeze time SpellVENDIDA;   Ilustração original a aguarela, grafite e caneta, sobre papel de aguarela, 300g;  Autor: Zita Pinto;      Dimensões:40×50 cm; Emoldurado

Divinamente, JUNO

Leonor Bravo, Victória Fernandes e Paula Marinha são três amigas com formação superior em música e as constituintes do trio JUNO, um grupo musical formado por violino, piano e voz.

As JUNO juntam o útil ao agradável, fazendo uso dos ensinamentos que recolheram, e continuam a somar, e praticando o que mais gostam, nos vários eventos para que são solicitadas.

O Huntington no GNRation será ambientado por elas, numa sessão acolhedora e sublime!

Juno4

 Quem são as Juno e porque se juntaram?

 Leonor: As Juno são 3 amigas licenciadas em Música nas diversas variantes (Piano, Violino e Direção Coral), que decidiram formar um grupo para por em prática as aprendizagens realizadas, fazendo música em conjunto.

 O que fazem para além deste trio e que planos têm para o futuro?

Leonor: Neste momento estou no 2.º ano do Mestrado em Ensino de Música, na Universidade do Minho. Ao mesmo tempo já dou aulas de Violino e continuo a tocar regularmente em orquestras e outros grupos.

Paula: Estou no 1.º ano do Mestrado em Ensino de Música na U.M. e sou professora de Canto, Piano e Coro. Paralelamente canto regularmente em concertos e dirijo coros em projetos fora e dentro da Universidade.

Victória: Além de dar aulas de Piano, gosto de compor e interpretar as minhas próprias músicas. Neste momento estou a aprofundar os meus conhecimentos de harmonia e composição, e tenho gravado alguns originais.

Juno2

Porque aceitaram associar-se à iniciativa Huntington no GNRation?

Leonor: Aceitámos associar-nos à iniciativa Huntington no GNRation porque ficámos sensibilizadas pela causa, pois é uma doença que não tem cura e é ainda muito pouco conhecida – não tínhamos conhecimento desta doença antes da iniciativa do GNRation. É sempre bom podermos utilizar o nosso trabalho para ajudar uma boa causa.

………..

Preparados para ser surpreendidos? Vemo-nos todos este sábado, dia 10 de Outubro, no GNRation!

OBRIGADO Leonor, Victória e Paula!

Capuccino com Marisa Silva

Marisa Silva tem uma mente inventiva e mãos de ouro, uma combinação explosiva no melhor dos sentidos!

Nasceu no Porto, onde continua a viver, e estudou arquitectura na Escola Superior Artística do Porto.

Marisa Silva3

Colabora regularmente com a Nova gente Soluções e com a MUSS Boutique, dá workshops, organiza eventos e gere página Lusty  Capuccino, dedicado a arte, design, moda e arquitectura de interiores.

Entrega-se de corpo e alma a cada projecto que desenvolve porque adora o que faz, mesmo que isso signifique não ter a estabilidade de um salário fixo. Mas quem precisa disso, quando se pode ser feliz!

Quem visita o teu blogue Lusty Capuccino descobre que a ilustração é apenas uma das tuas vertentes artísticas. Foi cedo que descobriste ser uma pessoa ultra-criativa? Desde muito cedo que o lápis e papel são a minha companhia. Aos 3 anos não queria bonecas, sempre quis lápis de cor e cadernos que preenchia avidamente. Na adolescência explorei outras áreas para além do desenho. Foi quando descobri a minha paixão pela moda, tinha gostos diferentes e, como não encontrava nada que me agradasse, comecei a desenhar roupa e a alterar minha. Mais tarde ingressei na Escola Especializada em Ensino Artístico Soares dos Reis onde desvendei o mundo da arte, acabei por me formar em arquitetura e design e continuo a aprender todos os dias.

Marisa Silva4

Foi fácil tomar a decisão de fazer das tuas paixões pela ilustração, moda e decoração o teu modo de vida? Foi tão fácil que nunca ponderei não o fazer. O que não é fácil é que se faça justiça ao valor de qualquer uma destas artes e que seja uma luta constante viver através delas.

Marisa Silva

Podes-nos falar do significado da ilustração que decidiste doar à Associação Portuguesa de Doentes de Huntington? Quando recebi a proposta, fui de imediato ler sobre o assunto e vi alguns documentários que me tocaram especialmente, pela forma positiva como alguns do retratados travam batalhas diárias, mas mantêm a esperança de uma cura, de uma resposta. Vi a esperança de um sonhador no sentido altruísta, aquele que luta e que acredita, mesmo quando a ciência não dá respostas, não desistem. A imagem romântica de uma garrafa com uma mensagem que flutua no mar, remete-nos para o momento em que será encontrada pela pessoa certa. Assim como um dia a cura para os Doentes de Huntington.

……..

A Ilustração “Dreamer” de Marisa Silva será apresentada a todos na tarde do dia 10 de Outubro! Aparçam no GNRation!

Até lá visitem outros trabalhos seus no facebook e blogue

OBRIGADO Marisa Silva!

Costa Araújo, entre a Aguarela e o Acrílico

Nascido em Braga em 1947, Costa Araújo viveu em Angola e no Brasil quase toda a sua vida. Viveu também uns anos no Alentejo mas actualmente reside na cidade que o viu nascer.

É artista há largas décadas mas nem sempre se dedicou a tempo inteiro à pintura. O seu traço é único e reconhecível, quer estejamos perante trabalhos seus em aguarela ou acrílico.

Costa Araújo4

A sua maior fonte de inspiração é o ser humano, em toda a sua pluralidade e singularidade. A expressão de emoções é uma presença constante no seu trabalho e é na figura da mulher, que encontra a sua musa universal.

Expõe com regularidade há já vários anos, em Portugal e no Brasil. Mais recentemente, na Torre de Menagem (Braga), no Espaço Feng Shui (Braga), Galeria Magenta (Figueira da Foz), entre muitos outros.

Nem sempre trabalhaste como artista, no entanto sempre estiveste ligado ao desenho e à pintura. Podes explicar-nos de que forma? Trabalhei sempre ligado à decoração e ao desenho, fazendo projectos de decoração para grandes superfícies, lojas, boutiques…Mas sempre uma vertente artística guiava meus projectos, para lá da pintura dos antigos painéis de Cinema de grandes dimensões em que trabalhei…

Costa Araújo-001

Porquê  a predilecção pela representação da figura humana nas tuas pinturas? A figura humana está sempre presente no meu trabalho e gosto de me envolver com as minha figuras e personagens. Na minha pintura também há muita influência de África e do Brasil.

Costa araújo3

Qual o significado da pintura que doas à APDH? A obra doada está ligada aos sonhos e mistérios que muitas vezes nos envolvem…

….

Não deixem de visitar a exposição e contemplar esta obra única, em tons de azul-celeste, de Costa Araújo.

E, se estão curiosos, passem pelo seu Facebook, para mais figuras humanas fantásticas!

OBRIGADO Costa Araújo!

Helena Zália – Porque há pessoas que são para o que nascem!

Nasceu em Guimarães e, se não é o destino, hão-de ser, a força de vontade e o foco naquilo que gosta que a têm motivado a trilhar um caminho que lhe serve como uma luva! Para o bem e para o mal, nem toda a gente “é para o que nasce”, mas a Helena Zália, sem dúvida que, nasceu para criar.

Helena Zália 5-001

É Licenciada em Ensino de Educação Visual – Escola Superior de Educação de Leiria, em Design de Comunicação – Universidade de Aveiro e mestre em Diseño y Producción Gráfica – Universidad de Barcelona.

Ao longo dos anos tem completado a sua formação em workshop’s e acções de formação de Desenho, Pintura, Serigrafia, Fotografia, Escultura, Cerâmica, Animação, Marionetas e Ilustração.

Participou em exposições colectivas nos domínios da Pintura, Fotografia, Design e Ilustração e venceu o Prémio de Ilustração – V Concurso Literário da Trofa.

É autora das ilustrações dos contos:  Pirilampo e os deveres da escola; Andava, andava, andava … em Guimarães; Gémeos; Máquina de Sonhos.

Ainda no domínio da ilustração, participou no 1º, 3º, 5º e 7º Encontro Nacional de Ilustração de São João da Madeira, na 1a Bienal de Arte de Gaia, assim como, expõe o seu trabalho individualmente.

Dedica-se à criação de personagens tridimensionais em ligadura de gesso, desde 2003, realizando exposições das mesmas. Em 2012 criou a instalação permanente “Com os pés na terra e a cabeça nas nuvens” para o Museu do Brincar [Vagos].

Helena Zália 2-001

As artes, e a ilustração em particular, sempre foram um objectivo de vida? O meu interesse pelas “artes”, é muito anterior a qualquer definição de objectivos para a vida. Inicialmente foi um interesse inconsciente, sem filtros, mas muito verdadeiro. Desde que me lembro que existo que o fascínio pelas imagens está patente. A minha infância não foi pautada pela presença de pessoas ligadas ao meio artístico/criativo, nem pela presença constante de livros, no entanto, lembro-me que as reproduções de pinturas, as ilustrações das revistas de moda que a minha mãe tinha em casa, ou os desenhos animados apresentados na televisão pelo Vasco Granja exerciam sobre mim um poder inexplicável e um deslumbramento. E desde sempre senti um prazer enorme em desenhar e transformar coisas, tarefas que foram sempre alimentadas, numa primeira instância, pela minha vontade de criar e depois pela família e por alguns professores que tive ao longo do percurso escolar. A minha primeira intenção de ilustrar aconteceu quando me deparei com os livros da Anita na escola primária, e decidi eu mesma criar algo semelhante, o que se veio a revelar uma tentativa falhada e frustrante, pois os resultados não se aproximavam de todo áquelas ilustrações que eu tanto admirava. Com o passar dos anos fui adquirindo/acumulando experiências criativas, técnicas plásticas e manuais, conhecimentos acerca da história da arte e obras de artistas/autores e aguçando o meu sentido estético. Como consequência, e de uma forma muito natural surgiram projectos que me trouxeram até à ilustração e à criação de imagens. É algo muito institivo e intuitivo em mim, não há como fugir a algo tão visceral. Criar é uma necessidade.

Helena Zália 6-001

A par do desenho, utilizas materiais e texturas de uma forma tão orgânica que quase parece que são os teus personagens a dizer-te de que querem ser feitos. Essa é uma capacidade instintiva ou é fruto de experiência? Penso que é uma combinação de ambos. Por norma, sou uma pessoa que responde de uma forma muito instintiva aos estímulos, no entanto, a experiência, nomeadamente, no domínio da aplicação de técnicas vai ditando o caminho a seguir. Mas, tenho a consciência que as imagens crescem não só por aquilo que eu defino para elas, mas a maior parte das vezes são elas que assumem o comando das decisões. É algo que não se explica, que simplesmente acontece e eu só posso deixar fluir.

Fala-nos da ilustração que decidiste doar à Associação Portuguesa de Doentes de Huntington. A ilustração em questão não foi criada em particular para esta causa, ela faz parte da série “Matriz”, e matriz é o lugar onde algo se gera ou cria. Optei por doar esta, pela mensagem de liberdade, amor, cooperação, vida, que ela transporta em si.

“Porque os homens são anjos nascidos sem asas, é o que há de mais bonito, nascer sem asas e fazê-las crescer.” José Saramago in Memorial do Convento

…….

Esta mensagem, “pedida emprestada” a José Saramago, estará exposta, numa ilustração de Helena Zália, no GNRation a partir do dia 10 de Outubro. Mais uma razão para estarem lá!

Para muito mais de Helena Zália, visitem o seu Facebook e site.

OBRIGADO Helena!

O Segredo mal guardado de Eurico Silva

Eurico Silva é bracarense de gema. Estudou Arquitectura na Universidade Lusíada, em Vila Nova de Famalicão, mas já antes a vertente criativa se manifestava. Prova disso foi ter escolhido a vertente artística durante o ensino secundário.

eurico2

É um irrequieto assumido! A sua veia empreendedora ficou conhecida com a Uchi, um novo conceito de habitação, à qual se dedicou durante três anos. Actualmente, é a FUSCA que o ocupa a duzentos por cento, uma plataforma de divulgação de artistas emergentes, que faz jus ao nome sugestivo que tem, e de que o Eurico nos fala entusiasticamente, na entrevista que se segue!

O que poucos saberão é que Eurico Silva pinta. E bem! Convidámo-lo a colaborar com esta iniciativa e, de coração amplo e solidário (ou não fosse ele voluntário da Refood-Braga), aceitou!

Lembras-te de como começaste a pintar e porquê? Sempre gostei de desenhar, de experimentar materiais diferentes, desde que me conheço. O lado criativo estava sempre presente. Estudei artes e, mais tarde, arquitetura. A pintura surge como uma necessidade de transportar para um suporte físico toda a criatividade em momentos pontuais de inspiração.

Já não pegava numa tela e nos pincéis há alguns anos e, de um momento para o outro, apeteceu-me voltar a sujar as mãos de tinta, fechar-me num mundo só meu, descrever o que sinto e como penso ou imagino, a melhor forma de me expressar.

eurico3

Considerarias explorar esse talento para além do hobby? Não, definitivamente, não. A pintura acaba por ser um momento de introspeção, onde me encontro, onde comunico comigo mesmo, sem regras, numa liberdade com formas, texturas, cheiros e cor.

Se isso acontecesse, qual a pergunta chave que a FUSCA faria ao artista Eurico Silva (não conseguimos resistir!) Não me considero um artista, e a pergunta é difícil 🙂

A melhor pergunta que a FUSCA me poderia fazer seria talvez: “Não consegues estar parado?” A resposta é não. Definitivamente não. Gosto de desafios, gosto de traçar um caminho e não descanso enquanto não o percorrer. Sou ambicioso, muito determinado. A FUSCA aparece na resposta a uma necessidade que achei pertinente explorar. Criar uma plataforma para promover artistas emergentes, procurar aproximar os artistas das galerias, dos curadores de arte e, claro, dos clientes. Os artistas são muitos e, verdadeiramente, bons. Fico surpreendido com o feedback extremamente positivo que estamos a receber. É muito compensador vermos o nosso trabalho, a nossa dedicação, ser reconhecida. O trabalho está a ser bem feito, a equipa está a crescer e é escolhida a dedo e fica fácil quando a matéria-prima são os artistas e o seu enorme talento, porque sem eles não fazia sentido, e o projeto existe dos artistas e para os artistas. Apenas com três meses de vida já ultrapassamos as 25.000 visualizações num blog que já é seguido em países de todos os cantos do mundo: da Austrália ao Reino Unido, da Polónia a Moçambique, do Brasil aos Estados Unidos. Também fomos convidados para a 25ª Edição dos Encontros de Imagem, em Braga. Será a primeira apresentação pública da FUSCA e estamos a preparar tudo ao pormenor, desde exposições, projeções, apresentações, instalações e uma cobertura, em tempo real, da Open Week! 23-26SET, em Braga.

eurico

Qual o significado da peça que doas à APDH? A obra que decidi doar à APDH é a primeira pintura de uma série que pretendo criar e onde vou pintar Mulheres marcantes da história. Pretendo posteriormente mostrar esse trabalho numa exposição, organizada pela FUSCA, claro 😉

A obra em questão retrata a senhora Brites de Almeida, mais conhecida como “A Padeira de Aljubarrota”, e que traduz a valentia, a determinação, a coragem e a destreza.

……

A Padeira de Aljubarrota, pintada a acrílico numa tela impactante, de um metro quadrado! Curiosos? Passem pelo GNRation no dia 10 de Outubro, onde será apresentada em primeira mão.

OBRIGADO Eurico Silva!